DiQuinta do PETHL: o que é o conceito “Ubuntu”?

    Dica elaborada pela PETiana Wilma Quadé

    Ubuntu atualmente é uma palavra muito conhecida, porém, pouco se sabe a fundo sobre seus significados. O conceito foi fortemente utilizado por muitas personalidades mundialmente conhecidas, como é o caso de Nelson Mandela, em particular, que usou a palavra ubuntu como base de seus discursos e ações na luta contra o apartheid na África do Sul. Depois, quando foi eleito presidente, sendo ele o primeiro presidente negro sul africano, Mandela lutava contra o racismo e violação dos direitos humanos. O país estava dividido e mergulhado na violência e no ódio.  Para a reconciliação e a unificação dos sul-africanos, Mandela pregava ubuntu.  

    Ubuntu é uma filosofia tradicional de vida africana baseada no princípio de interdependência, no respeito mútuo e no respeito das diversidades. Essa filosofia ensina que nós só podemos ser humanos a partir da humanidade de outras pessoas: “Eu sou porque tu és”. Nesse sentido, esse conceito nutre o respeito fundamental entre as pessoas independentemente da cor, classe social, raça religião etc.. Ubuntu exige o respeito do outro na sua particularidade ou subjetividade.  Pode ser compreendida também como uma regra de conduta ou ética social. Essa filosofia é utilizada em diferentes esferas da vida, na política se usa no sentido de chamar atenção pela união e do consenso no momento da tomada das decisões. Ubuntu remete a ancestralidade.